quarta-feira, 24 de maio de 2017

Tempestades e calmarias...

Passamos por tantas emoções juntos,

Tão pouco tempo,

Mesmo parecendo uma vida inteira...

Entre tempestades,

Chega a calmaria,

Porém, vai embora...

A sensação de paz dura tão pouco,

Poderia ficar mais tempo.

Oh, amor, doce amor, forte amor...

Calma, descansa, espera...

Tenha menos desespero,

E mais, muito mais esperança.

Tudo tá tão bom,

E nem tão ruim assim...

Tudo que é bom, vai durar sim.

Estamos tão próximos, e de repente,

Sua agressividade nos afasta...

Obrigada Senhor, por não me deixar sozinha.

Meu grito de socorro, diz assim...

Salva-me de mim.

Tão amargo tem sido o meu cálice...

By Shi. Em:24/05/2017.
As 08:57

Nenhum comentário: